Anselmo Ralph e o futebol feminino

Publicado  terça-feira, 22 de Abril de 2014

Anselmo Ralph vai atuar na final da Liga dos Campeões feminina
Anselmo Ralph: "O Ronaldo é como a minha esposa"
O que têm em comum Anselmo Ralph, 22 mulheres e pastéis de Belém? Resposta: o futebol, mais propriamente a final da Liga dos Campeões feminina, que este ano é disputada no Restelo e conta com um concerto especial. O Expresso foi perceber o que é que o cantor angolano sabe de futebol e ouviu muitos elogios a Ronaldo.


Alemãs, suecas e inglesas. Não, esta não é a composição habitual do público feminino num concerto de Anselmo Ralph, mas sim a nacionalidade das equipas que ainda estão em prova nas meias-finais da Liga dos Campeões feminina de futebol, cuja final, marcada para 22 de maio, é disputada no estádio do Restelo, em Lisboa.

As alemãs do Potsdam e do Wolfsburg - as atuais campeãs europeias -, as suecas do Tyreso (que contam com uma 'armada' brasileira na qual se inclui a ex-melhor do mundo Marta) e as inglesas do Birmingham são as equipas que ainda podem estar em Belém no próximo mês. Tanto o Potsdam e o Wolfsburg como o Tyreso e o Birmingham tiveram o mesmo resultado na primeira mão das meias-finais, 0-0, mas a segunda mão, marcada para 27 de abril, tem obrigatoriamente de ter golos, nem que seja de penálti.

Se o futebol feminino tem pouca expressão em Portugal, o mesmo não se pode dizer de Anselmo Ralph, que já esgotou concertos na Meo Arena, no Coliseu dos Recreios e no Campo Pequeno. Vai daí que a ligação entre o cantor angolano e 22 mulheres seja o "casamento" perfeito para encher os 20 mil lugares do Restelo, a 22 de maio. O músico tem concerto marcado no estádio mal acabe o jogo.

Os bilhetes para a final - que se disputa uns dias antes da final masculina na Luz - já estão à venda nos hipermercados Continente (com quem a Federação Portuguesa de Futebol tem uma parceria), por 10 euros. Depois do futebol, há música do autor do êxito "Não me toca". Enquanto não há bola nem canções, há entrevista a Anselmo Ralph.


Anselmo Ralph e futebol feminino não é uma associação muito vulgar...
Olha, quando me fizeram esse convite eu agarrei logo com as duas mãos e se tivesse três ainda agarrava com as três [risos]. Sinto-me muito honrado por poder cantar na final da Liga dos Campeões feminina. A explicação que encontro é que a maioria do meu público é feminino, por isso isto casa bem comigo, achei até graça [risos].

Gostas de futebol?
Acompanho as equipas de que gosto, mas não sou aquele fã que sabe que hoje joga sicrano e fulano, etc. Vejo o Benfica e a seleção de Angola sempre que posso, mas não sou mesmo grande fã. Não vi o Benfica-FC Porto, por exemplo, porque estive a gravar o "The Voice" até à meia-noite. Quando é o Mundial acompanho melhor.

E de futebol feminino, conheces alguma coisa?
Não conheço nada. Às vezes vejo algumas coisas na televisão, mas só por curiosidade. Quando estava em Angola, tinha uma vizinha que era a craque da seleção angolana e perguntava-lhe volta e meia 'jogam mesmo como os homens?'. Ela dizia-me para ir lá ver um jogo mas por acaso nunca vi, só mesmo na televisão.

Então esta vai ser a primeira vez.
Exactamente. Vamos lá ver. Pelo que vi na televisão parece-me que as mulheres são mais agressivas, os lances são mais disputados, é interessante.

Pensa rápido: Ronaldo ou Messi?
[risos] Vou ser sincero. Antes gostava mais do Messi, não por conhecê-lo bem ou achá-lo melhor, mas porque tinha uma ideia errada do Cristiano [Ronaldo], que parecia uma pessoa arrogante. Mas que afinal não é nada disso. Já quando houve aquele incidente com o Mourinho, gostei muito da resposta do Cristiano, foi elegante, e fiquei com a pulga atrás da orelha.

Então agora és fã de Ronaldo?
Ele não é nada arrogante, é muito humilde, mas percebo que seja mal entendido. Ele é como a minha esposa, uma pessoa com caráter forte e segura de si, o que acaba por transparecer arrogância. Fui convidado para o aniversário dele e fiquei muito honrado por estar na festa do melhor jogador do mundo, que podia ter convidado a Beyoncé ou a Christina Aguilera. Cantou a Cátia, a irmã dele, e a sobrinha, mas a surpresa da noite era o Anselmo Ralph... Foi como haver lagosta e caviar e depois a surpresa era peixe frito [risos].

A música de Anselmo Ralph é boa para aquecer para um jogo de futebol?
Pelo que me disseram está nos balneários femininos e isso é bom [risos]. O Cristiano também me disse que no carro os jogadores ouvem muito a minha música.

A tua filha joga futebol?
O meu filho tem dois anos, mas basta ver algo redondo e ele vai logo chutar. Ele não entende de futebol, só de bola. 'Bola, papá', diz-me sempre. A minha filha é que não, só mesmo quando o irmão obriga. Se ela quisesse jogar, jogava, mas ela quer é coisas de princesas e fadas [risos].



Fonte: Expresso

Já agora acrescente-se o seguinte: "Os bilhetes estão à venda nos hipermercados Continente de Matosinhos e Gaiashopping, no Porto, e Amadora, Cascais, Seixal, Colombo, LoureShopping, Vasco da Gama, Loures, Montijo, Oeiras, Telheiras e Barreiro, na Grande Lisboa."

Ouriense na final da Taça de Portugal

Publicado  segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Ouriense na final da Taça
A equipa de Ourém venceu o Valadares, por 2-1, e espera, agora, pelo adversário da final: Clube de Albergaria ou Futebol Benfica.
19 Abril 2014
Futebol fem. - Taça de Portugal


O Ouriense é o primeiro finalista da Taça de Portugal de Futebol Feminino, depois de ter vencido, este sábado, o Valadares Gaia, por 2-1, em partida das meias-finais da competição.

As campeãs nacionais em título esperam, agora, pelo seu adversário na partida decisiva da competição. Recorde-se que o outro encontro das meias-finais da Taça, entre o Clube de Albergaria e o Futebol Benfica foi adiado para o próximo dia 18 de maio, pelas 16h00.

Na partida de Ourém, a equipa da casa saiu na frente, com um golo de Diana Silva, mas Cristina Ferreira empatou para as gaienses, ainda no primeiro tempo. Coube a Filipa Rodrigues, já na etapa complementar, selar o triunfo do Ouriense e garantir a presença na final, que está agendada para o dia 7 de junho.

No final do encontro, o fpf.pt falou com o técnico do Ouriense, Marco Ramos, que se mostrou naturalmente satisfeito com o triunfo. “Foi um jogo muito difícil, de muito sofrimento, como aliás já esperávamos. Tivemos o controlo do jogo, nomeadamente na segunda parte, e a capacidade de sofrimento foi decisiva para o desfecho final”, explicou.

O que Marco Ramos não revela é que opositor prefere na final da Taça. “O que queríamos era estar no jogo decisivo. Agora, independentemente do adversário, vamos fazer tudo para vencer a Taça”, garantiu.



Fonte: FPF

Mónica Jorge passeia taça da Liga dos Campeões

Publicado  quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Mónica Jorge e Vìtor Baía em Lisboa (UEFA)
Mónica Jorge e Vítor Baía estiveram esta manhã a passear por Lisboa com as taças da Liga dos Campeões feminina e masculina, respetivamente.

Recorde-se que a final feminina está marcada para 22 de maio, às 19h30, no Restelo, e os bilhetes começam a ser vendidos na segunda-feira, no Continente, por 10 euros.

Interassociações sub-16: dia 2

Publicado  quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Centenas de jogadoras jovens em competição
Segundo dia de competição
Esta quarta-feira disputam-se mais 11 jogos Torneio Interassociações de Futebol 7 Feminino Sub-16 jogaram-se esta terça-feira. Saiba os primeiros resultados do dia.

16 Abril 2014
Futebol Fem. – Sub-16


Eis os jogos de hoje:

16 de abril de 2014 | Quarta-feira
09h30: (Jogo N.º 12), Évora 1-3 Lisboa (F1)
09h30: (Jogo N.º 13), Algarve 6-0 Guarda (F2)
10h00: (Jogo N.º 14), Madeira 1-1 Santarém (E 2.1)
10h00: (Jogo N.º 15), Coimbra 1-1 Setúbal (E 3.1)
11h00: (Jogo N.º 16), Viana do Castelo – Aveiro (F1)
11h00: (Jogo N.º 17), Bragança – Braga (F2)
16h00: (Jogo N.º 18), Melhor 3.º Classificado – Segundo melhor 3.º Classificado (E 2.1)
16h00: (Jogo N.º 19), 1.º Classificado Grupo A – Segundo melhor 2.º Classificado (E 3.1)
17h30: (Jogo N.º 20), 1.º Classificado Grupo B – Primeiro melhor 2.º (E 2.1)
17h30: (Jogo N.º 21), 1.º Classificado Grupo C - 1.º Classificado Grupo D (E 2.2)
17h30: (Jogo N.º 22), 1.º Classificado Grupo E - 1.º Classificado Grupo F (E 3.1)

Resultados dos jogos de terça-feira (15 de abril):
(Jogo N.º 1), Vila Real 2-0 Évora (F 1)
(Jogo N.º 2), Castelo Branco 1-4 Algarve (F 2)
(Jogo N.º 3), Viseu 4-0 Bragança (E 2.1)
(Jogo N.º 4), Porto 1-1 Viana do Castelo (F 1)
(Jogo N.º 5), Leiria 2-3 Coimbra (F 2)
(Jogo N.º 6), Vila Real 3-0 Lisboa (E 2.1)
(Jogo N.º 7), Santarém 1-1 Madeira (E 2.2)
(Jogo N.º 8), Castelo Branco 0-2 Guarda (F 2)
17h30: (Jogo N.º 9), Porto 0-3 Aveiro (E 2.1)
17h30: (Jogo N.º 10), Leiria 3-0 Setúbal (E 2.2)
17h30: (Jogo N.º 11), Viseu 0-0 Braga (E 3.1)

Próximos jogos:
17 de abril de 2014 | Quinta-feira
09h30: (Jogo N.º 23) – 16.º-17.º, Quarto melhor 3.º Classificado - Quinto melhor 3.º Classificado (F 1)
09h30: (Jogo N.º 24) – 13.º-15.º, Primeiro melhor 3.º Classificado – Terceiro melhor 3.º Classificado (F 2)
10h00: (Jogo N.º 25) – 9.º-12.º, Terceiro melhor 2.º Classificado – Quinto melhor 2.º Classificado (E 2.1)
10h00: (Jogo N.º 26) – 9.º - 12.º, Quarto melhor 2.º Classificado – Sexto melhor 2.º Classificado (E 3.1)
11h00: (Jogo N.º 29) – Meia-final, Vencedor Jogo N.º 19 – Vencedor Jogo N.º20 (F 1)
11h00: (Jogo N.º 30) – Meia-final, Vencedor Jogo N.º 21 – Vencedor Jogo N.º22 (F 2)
11h30: (Jogo N.º 27), 5.º - 8.º, Vencido Jogo N.º 19 – Vencido Jogo N.º 20 (E 2.1)
11h30: (Jogo N.º 28), 5.º - 8.º, Vencido Jogo N.º 21 – Vencido Jogo N.º 22 (E 3.1)

18 de abril de 2014 | Sexta-feira
09h30: (Jogo N.º 31) – 16.º-17.º, Quinto melhor 3.º Classificado – Quarto melhor 3.º Classificado (E 2.1)
09h30: (Jogo N.º 32) – 13.º-15.º, Segundo melhor 3.º Classificado – Terceiro melhor 3.º Classificado (E 2.2)
09h30: (Jogo N.º 33) – 11.º-12.º, Vencido Jogo 25 – Vencido Jogo 26 (E 3.1)
09h30: (Jogo N.º 34) – 9.º-10.º, Vencedor Jogo 25 – Vencedor Jogo 26 (E 3.2)
11h00: (Jogo N.º 35) – 7.º-8.º, Vencido Jogo 29 – Vencido Jogo 30 (E 2.2)
11h00: (Jogo N.º 36) – 5.º-6º, Vencedor Jogo 29 – Vencedor Jogo 30 (E 3.1)
11h00: (Jogo N.º 37) – 3.º-4.º.º, Vencido Jogo 27 – Vencido Jogo 28 (E 3.2)
12h15: (Jogo N.º 38) – FINAL, Vencedor Jogo 27 – Vencedor Jogo 37 (E 1) 


Campos
F 1: Estádio Municipal de Fátima (Relvado)
F 2: Estádio Municipal de Fátima (Relvado)
E 1: Complexo Desportivo do Bonito (Sintético)
E 2.1: Complexo Desportivo do Bonito (Sintético)
E 2.2: Complexo Desportivo do Bonito (Sintético)
E 3.1: Complexo Desportivo do Bonito (Sintético)
E 3.2: Complexo Desportivo do Bonito (Sintético)
E 1: Complexo Desportivo do Bonito (Relvado)


Constituição dos grupos
Grupo A: AF Évora, AFLisboa e AF Vila Real;
Grupo B: AF Santarém e AF Madeira;
Grupo C: AF Algarve, AF Castelo Branco e AF Guarda;
Grupo D: AF Aveiro, AF Porto e AF Viana do Castelo;
Grupo E: AF Coimbra, AF Leiria e AF Setúbal;
Grupo F: AF Braga, AF Bragança e AF Viseu.



Fonte: FPF

Anselmo Ralph na final da Liga dos Campeões feminina no Restelo

Publicado  

Anselmo Ralph e Mónica Jorge na Rádio Comercial
Rádio Comercial e Anselmo Ralph no apoio à UEFA Women's Champions League.
Junta-te a esta grande festa Internacional do Futebol Feminino em Portugal e assiste logo depois ao concerto do Anselmo Ralph. Dia 22 de Maio, pelas 19h30 no Estádio do Restelo - Belém.

Os bilhetes estarão a venda a partir da próxima segunda-feira nos Hipermercados Continente - 10€ (5€ em cartão continente).

EU VOU!! — com Anselmo Ralph.


Fonte: Mónica Jorge (Facebook)

Taça de Promoção sorteada

Publicado  

Sorteio da prova destinada aos clubes que não se apuraram para a 2ª fase do Campeonato de Promoção
Sorteio da Taça de Promoção de Futebol Feminino
O auditório Manuel Quaresma da sede da FPF acolheu o sorteio esta esta terça-feira.
15 Abril 2014
Fut. feminino - Taça de Promoção

Eis o resultado do sorteio:
SÉRIE A
1 - ACDR Pico Regalados
2 - “Os Sandinenses” GDRC
3 - Casa Povo Martim

SÉRIE B
1 - ARDC Gondim-Maia
2 - SC Freamunde
3 - Boavista FC
4 - União SC Paredes

SÉRIE C
1 - AM Bairro Social Pasteleira
2 - CF Canelas 2010
3 - UD Sousense
4 - Vila Futebol Clube

SÉRIE D
1 - Sport Marítimo Murtoense
2 -Mocidade Desportiva Eirolense
3 - Fiães SC
4 - UR Ferreirense

SÉRIE E
1 - Esperança AC
2 - UR Cadima
3 - Seia FC
4 - Lordemão FC

SÉRIE F
1 - AD Bobadelense
2 - Arsenal 72 Desporto Cultura
3- SG Sacavenense
4 - SU Sintrense

SÉRIE G
1 - CF “Os Belenenses”
2 - CF Feminino Estoril-Praia
3 - Paio Pires FC
4 - Quintajense FC

SISTEMA DA PROVA (1.ª E 2.ª ELIMINATÓRIA)
Série de três clubes:
1.ª eliminatória
1.º Jogo: 1-2; 2.º Jogo: 2-1; Isento N.º 3

2.ª eliminatória
Vencedor da 1.ª eliminatória – Isento (N.º3)

Séries de quatro clubes
1.ª eliminatória
1.º Jogo: 1-2; 3-4; 2.º Jogo: 2-1; 4-3.

2.ª eliminatória
Vencedor do jogo 1-2 com o vencedor do jogo 3-4



Fonte: FPF

A-dos-Francos continua a liderar Campeonato Nacional

Publicado  domingo, 13 de Abril de 2014

Paulo Sousa lidera o A-dos-Francos, que subiu esta época ao Campeonato Nacional
A-dos-Francos empata e segura liderança do nacional de futebol feminino
O Grupo Desportivo e Cultural de A-dos-Francos (ADF) segurou hoje a liderança do campeonato nacional de futebol feminino, ao "arrancar" o empate 1-1 com o Futebol Benfica a um minuto do final do jogo.

Apesar de alguma preponderância do Futebol Benfica, a primeira parte do jogo ficou marcada pelo jogo repartido entre os dois meios-campos, sem que nenhuma das equipas tenha conseguido finalizar com sucesso os remates às balizas adversárias.

Já na segunda parte, o Futebol Benfica inaugurou o marcador aos 48 minutos, numa jogada de ataque concluída com sucesso por Filipa Francisco.

Aos 67 minutos, a equipa forasteira quase voltou a marcar, num lance em que Mafalda Marujo surgiu isolada, mas a guarda-redes Patrícia Morais evitou o tento.

A formação de A-dos-Francos chegou ao empate aos 89 minutos, numa jogada de Lara Matos e concluída pela própria, permitindo à sua equipa assegurar a manutenção no primeiro lugar do campeonato nacional, com 27 pontos, mais dois do que o Ouriense, que venceu hoje o Albergaria.



Fonte: Futebol 365

Classificação quando faltam disputar três jornadas:
1.º A-dos-Francos 27 pontos
2.º Ouriense 25 pontos
3.º Clube Futebol Benfica 24 pontos
4.º Albergaria 23 pontos

Sub-19 terminam apuramento com goleada histórica

Publicado  sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Vanessa Malho, internacional sub-19 mas presença habitual na seleção AA, marcou quatro golos (FPF)
Goleada histórica
A Seleção Nacional sub-19 feminina despediu-se do apuramento para o Campeonato da Europa com uma goleada (10-0) diante da Bielorrússia.

Apesar de ter partido para a última jornada da Ronda de Elite sem hipóteses de se apurar, a Equipa das Quinas mostrou grande ambição na partida diante da Bielorrússia goleando a sua adversária nas Caldas da Rainha.

Portugal abriu o ativo graças a uma grande penalidade convertida por Vanessa Malho, aos 6 minutos. Fátima Pinto, aos 34 minutos, apontou o 2-0 com que a Equipa das Quinas foi em vantagem para o intervalo.

No segundo tempo, a formação comandada por José Paisana partiu para a goleada por números pouco usuais: 10-0. Vanessa Malho completou um 'poker'. Andreia Norton e Diana Silva bisaram, e Ana Capeta também festejou.

Goleada histórica
A Seleção Nacional feminina sub-19 conseguiu esta quinta-feira o resultado mais dilatado da sua história. As sub-19 lusas disputaram a sua primeira partida no dia 2 de outubro de 2002 e tinham conseguido a maior goleada a 23 de setembro de 2013 quando bateram a Estónia, por 7-0.

José Paisana em discurso direto
“Como costumo dizer, cada jogo é um jogo. Preparámos os jogos de acordo com o grau de dificuldade que os nossos adversários exigem. Na primeira parte, a Bielorrússia, mesmo com uma jogadora a menos tapou-nos o caminho da baliza. No segundo tempo, conseguimos aproveitar o maior desgaste das adversárias e a nossa grande vontade de fazer golos para construir um resultado avolumado.

Apesar da goleada de hoje, temos um sentimento de tristeza, pois queríamos muito estar na fase final do Europeu. Tivemos adversários muito fortes nos dois primeiros jogos e isso impediu-nos de conseguirmos estar no Europeu para onde se qualificaram apenas sete equipas que se juntarão ao país organizador. A nossa equipa foi empenhada, solidária e demonstrou grande vontade de vencer. Este é um grupo vencedor que pode aspirar a muitas conquistas no futuro. As jogadoras e todo o staff da Seleção envolvido está de parabéns pelo trabalho que desenvolveram.

Ficha de jogo
Ronda de Elite – 3.ª Jornada do Grupo 1

Complexo Desportivo das Caldas da Rainha

Árbitro: Graziella Pirriatore(Itália)
Árbitros Assistentes: Romina Santuari (Itália) e Merima Homarac (Bósnia Herzegovina).
Quarto Árbitro: Ivana Vlaic (Bósnia Herzegovina).


BIELORRÚSSIA 0-10 PORTUGAL (0-2, ao intervalo)

Bielorrússia: Olga Gorid; Kristina Bochilo, Olesya Lynko (Anastasia Shuppo, 14’), Ekaterina Verkholaytseva (Elena Kushner, 54’), Anna Kozyupa, Natalia Vasilyeva, Tatyana Krasnova, Vita Nikolaenko – Cap., Yuliya Malinovskaya, Mariya Buyko e Viktoriya Dubovik (Ekaterina Stepanova, 70’).
Suplentes não utilizadas: Aleksandra Savitskaya e Yuliya Duben.
Treinadora: Marina Lins.
Golos: Nada assinalar.
Disciplina: Cartão amarelo para Ekaterina Verkholaytseva (33') e Anna Kozyupa (90’+3’); Cartão vermelho a Kristina Bochilo (6').

Portugal: Tatiana Beleza (Ana Oliveira, 76’); Matilde Figueiras, Catarina Lopes, Catarina Machado e Joana Marchão (Inês Silva, 73’); Cláudia Lima, Vanessa Malho – Cap. e Fátima Pinto; Diana Silva, Nádia Gomes (Ana Capeta, 61’) e Andreia Norton.
Suplentes não utilizadas: Diana Gomes, Leandra Pereira, Raquel Videira e Francisca Cardoso.
Treinador: José Paisana.
Golos: Vanessa Malho (7´gp, 48’, 66’ e 89’), Fátima Pinto (34'), Andreia Norton (52’ e 72’), Ana Capeta (75’) e Diana Silva (78’ e 90’+2’).
Disciplina: Nada assinalar.


Fonte: FPF

Portugal 1-0 Grécia (vídeo)

Publicado  

Carolina Mendes foi titular na seleção portuguesa (FPF)
Feminina A: Vitória pela margem mínima

Um golo da capitã, Cláudia Neto, foi quanto bastou para dar a vitória no jogo desta quarta-feira diante da Grécia.

Num estádio repleto e com muitos apoiantes jovens e entusiastas, a Seleção Nacional feminina A defrontou a formação helénica no quinto jogo de qualificação para o Mundial de 2015 e venceu pela margem mínima.

Sem dificuldade em controlar o jogo, imprimindo-lhe velocidade e emoção, a Equipa das Quinas parecia sentir algumas dificuldades em finalizar as jogadas construídas ao longo dos 30 minutos iniciais, altura em que a Grécia assinou a primeira jogada de perigo.

O empate a zero, bastante penalizador para o empenho das cores lusas, acabou por dominar o primeiro tempo.

Já na etapa complementar, o jogo continuava a ser gerido pela Equipa das Quinas, que lutava contra um bloco defensivo muito alto. No entanto, e aproveitando uma jogada de contra-ataque, foi a Grécia a equipa que esteve mais próxima do golo nos momentos iniciais do segundo tempo, tendo o remate de Kongouli embatido no ferro, à passagem do minuto 73.

Cinco minutos passados, na marcação de um livre na esquerda, a capitã da Equipa das Quinas, Cláudia Neto, atirou direto à baliza e fez o primeiro e único golo do jogo.

Recorda-se que no primeiro encontro entre as duas formações, que marcou o arranque da qualificação, a turma lusa levou a melhor, tendo vencido por 5-1.

Declarações de Francisco Neto:
"O jogo foi ao encontro do que já estávamos à espera, equilibrado e diante de uma equipa competitiva. Entrámos bem, conseguimos pressionar, enquanto a Grécia foi tentando equilibrar as coisas. No entanto, nós tivemos sempre mais posse de bola, tivemos mais controlo do jogo e criámos mais oportunidades. O golo tardou em aparecer e isso intranquilizou um pouco a equipa. Na segunda parte, corrigimos alguns aspetos. Voltámos a assumir mais o jogo, o que implicou jogar em bloco alto e abriu espaços para algumas oportunidades que a Grécia construiu, mas no cômputo geral penso que fomos os justos vencedores deste jogo."

"Sabemos que quando se defende com muita gente atrás da linha da bola, quando optam por um jogo mais agressivo, como a Grécia faz, as coisas tornam-se mais complicadas, sobretudo porque se quebra o ritmo de jogo. Essa foi a estratégia da Grécia, procurou quebrar o nosso ritmo de jogo e a nossa intensidade, mas se no primeiro tempo, talvez fruto da nossa inexperiência, nos deixámos levar por essa estratégia, no segundo tempo fomos mais expeditas e as coisas surgiram naturalmente."

"[A antevisão do próximo jogo com a Noruega] Não vai ser fácil. Sabemos que se trata de uma das equipas do top mundial, uma das que não tem derrotas neste apuramento e que joga em casa. As coisas vão ser complicadas, mas estaremos, certamente, diante de uma equipa que assumirá mais o jogo e nós, sendo uma equipa jovem e que não tem tanta experiência internacional como as norueguesas, precisamos de crescer. Quem viu o jogo e percebeu a evolução que esta equipa tem registado, a qualidade que demonstra a espaços, sabe que Portugal tem possibilidade de crescer, que pode ser cada vez melhor. Contra a Noruega vamos ter de assumir, pois, outra estratégia, mas agora temos de analisar aquilo que fizemos de menos bom, trabalhar e preparar bem o jogo e tentar sair de lá com um bom resultado."

Clique aqui para consultar as classificações e os resultados do grupo 5

 
Ficha de Jogo
Qualificação para o Campeonato do Mundo Canadá 2015
5.ª Jornada do Grupo 5
Campo de jogos Dr. Marques dos Santos, Sertã

Árbitra: Anastasia Pustovoitova (Rus).
Árbitras assistentes: Sabina Valieva (Rus) e Iuliia Petrova (Rus).
Quarta-árbitra: Ana Teixeira (Por).

Portugal 1-0 Grécia (0-0, ao intervalo)

Portugal: Neide Simões, Catarina Sousa, Raquel Infante, Carole, Adriana Rodrigues, Mónica Mendes, Cláudia Neto (cap.), Dolores Silva, Ana Borges (Andrea Rodrigues, 90'+2'), Carolina Mendes e Ana Leite (Jéssica Silva, 56').

Suplentes: Patrícia Morais, Regina Pereira, Stefanie da Eira, Elsa Ventura, Patrícia Gouveia.
Treinador: Francisco Neto.
Golos: Cláudia Neto (78').
Disciplina: Cartão amarelo exibido a Ana Borges (25'), Cláudia Neto (72').

Grécia: Anthi Papakonstantinou, Maria Adamaki, Natalia Chatzigiannidou (cap.), Sofia Pelekouda, Maria Mitkou, Eleni Kakampouki, Vasso Kydonaki (Sofia Kongouli, 58'), Eleni Markou (Chara Dimitriou, 30'), Anastasia Papadopoulou, Dimitra Panteliadou e Vasso Moskofidou (Isidora Grigoriou, 85').
Suplentes: Elisavet Apostolaki, Suzana Zdravkovic, Efi Xera, Efi Michalakidi.
Treinador: Vangelis Koutsakis.
Golos: Nada a assinalar.
Disciplina: Cartão amarelo exibido a Maria Adamaki (77').




Fonte: FPF